É tempo de relaxar!

Através da harmonia com a natureza o Centro de Vida Saudável promove um estilo de vida que trata e previne diversas doenças.

Posts Recentes

facebook instagram youtube

CEVISA

Confira 8 dicas para dormir bem

Na infância e na adolescência, dormir bem era algo natural e não exigia grandes esforços. Mas, com a chegada da chegada da vida adulta, o que aconteceu com nosso sono? Por que uma prática que era espontânea pode se tornar um custoso pesadelo da vida de tantas pessoas?

 

A insônia acomete quase metade pessoas no mundo e mais de 70 milhões no Brasil. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), quatro em cada dez pessoas não têm sono de boa qualidade. E, é claro, sabemos que fatores que podem atrapalhar esse descanso vital do corpo e da mente é o que não faltam: sobrecarga de atividades, preocupações financeiras ou ainda de saúde, a própria pandemia, além dos constantes estímulos visuais e computadores e celulares, dentre outras situações. 

 

Essa é uma “epidemia” que vem crescendo cada vez mais. E se você também é uma pessoa que vive com o sono atrasado ou dormindo mal, fique atento, pois isso pode trazer problemas sérios à sua saúde. 

 

Quer saber mais sobre esse assunto? Então acompanhe abaixo as principais informações sobre insônia e ainda uma lista de 8 dicas de como dormir bem. Confira!

 

Riscos à saúde

 

Não é exagero relacionar o ato de não dormir bem a problemas graves de saúde. Segundo informações disponíveis no Portal Varella, a insônia é um distúrbio associado ao aumento de riscos de morte e doenças como depressão, hipertensão, doença cardiovascular, obesidade, fadiga e ansiedade.

 

Além disso, em quadros crônicos, a insônia também é perigosa por expor a pessoa acometida a graves acidentes, como os domésticos, no trabalho e no trânsito. 

 

Tipos de insônia

 

É muito importante se observar para a identificação do tipo de insônia que está tendo e, caso necessário, levar o problema para uma avaliação profissional. Um dos primeiros aspectos é verificar se você está tendo uma insônia inicial, de manutenção, terminal ou insônia mista. 

 

A insônia inicial é a que causa dificuldades para se pegar no sono. A pessoa acometida não consegue relaxar a mente e nem se desligar das coisas do dia. Já a insônia de manutenção ocorre com a perda do sono no meio da noite, enquanto que a terminal é a que se desperta antes do horário que deveria. Outra possibilidade é vivenciar todos esses “estágios” da insônia em conjunto, que é a chamada insônia mista.

 

Além disso, a insônia pode ser classificada como aguda e crônica. A primeira é caracterizada pela dificuldade em pegar no sono diante de uma situação de estresse, o que, de uma certa forma, é normal que ocorra em alguns momentos da vida, sem estar relacionado a algum problema mais sério. 

 

Já a insônia crônica já é considerada um problema de saúde pública e, por isso, exige tratamento e acompanhamento médico.

 

Qual é a quantidade de sono ideal? 

 

Segundo especialistas, o ideal é que adolescentes de 14 a 17 anos descansem de oito a dez horas. Na fase adulta, até os 64 anos, esse período pode ser entre sete a nove horas. Já os idosos a partir de 65 anos, de sete a oito horas. 

 

Ou seja, precisamos de quase um terço do nosso tempo diário para a recomposição do nosso corpo e mente dos esforços do dia a dia. Por isso, é indispensável preservarmos esse momento com a máxima prioridade e, caso tenha uma dificuldade constante de usufruir de um sono reparador, buscar ajuda profissional. 

 

8 dicas para evitar ou combater a insônia:

 

1-  Evite o consumo de alimentos que contém cafeína, como o café, alguns tipos de chás de ação estimulante, como o chá-preto, bebidas à base de cola, chocolates etc. 

 

2 – Faça exercícios físicos regularmente, mas não perto da hora de dormir. A atividade física regular é essencial para quem sofre de ansiedade e ajuda a dormir melhor.

 

3 – Tenha uma rotina para seu horário de dormir e de despertar. O relógio biológico responde melhor se estiver habituado a horários regulares e ele deve ser mantido, inclusive, nos finais de semana.

 

4 – Procure relaxar, ouvir músicas, ler, conversar, assistir a um filme. Desligue-se um pouco, pois é só depois de uma noite de sono reparador que soluções para problemas podem fluir melhor. 

 

5- Tome um banho morno. A prática ajuda a relaxar a tensão dos músculos

 

6 – Beba chás à base de ervas como camomila, erva-doce, erva-cidreira etc.

 

7 – Veja se não há claridade no quarto e a temperatura é agradável. Mesmo pouca luz pode atrapalhar o sono de algumas pessoas.

 

8 – Consulte um médico se as dificuldades para dormir se tornarem frequentes.

 

E, por fim, outra dica está aqui mesmo, em nossos serviços do CEVISA, onde oferecemos um programa especial de cuidados com a saúde, incluindo a retomada do sono saudável e reparador. Clique aqui e fale com a nossa equipe! 

 

Fontes:

 

https://www.scielo.br/j/rbp/a/QjZcFKKH3fZnPjxT739CDLj/?lang=pt 

https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/insonia/ 

https://istoe.com.br/insonia-pode-levar-a-morte-entenda-e-saiba-como-tratar/

https://www.adventistas.org/pt/saude/saude-com-esperanca/cafe-e-cafeina/  

 

Deixe um Comentário