É tempo de relaxar!

Através da harmonia com a natureza o Centro de Vida Saudável promove um estilo de vida que trata e previne diversas doenças.

Posts Recentes

facebook instagram youtube

CEVISA

Depressão E Ansiedade Na Pandemia – SETEMBRO AMARELO

Apesar da ansiedade ser uma resposta natural do nosso corpo, algo fisiológico essencial para a nossa sobrevivência, em alguns momentos pode se tornar nociva. No caso da pandemia do novo coronavírus, aprender a lidar com a ansiedade é importante, senão o impacto na saúde mental das pessoas não será nada bom.

 

Os efeitos da ansiedade podem ser sentidos durante este difícil período que estamos enfrentando, mas também podem deixar marcas traumáticas na vida das pessoas.

 

Segundo pesquisa da Universidade do Estado no Rio de Janeiro (UERJ), o número de casos de depressão quase dobrou, enquanto os de ansiedade e estresse aumentaram cerca de 80%. Além disso, a pesquisa revelou que as mulheres são as mais propensas do que os homens a sofrer com ansiedade e estresse durante o período de epidemia.

 

Os problemas de saúde mental estão aumentando em escala preocupante durante a pandemia do novo coronavírus e o isolamento social. Outros fatores de riscos apontados para o estresse e a ansiedade são: alimentação desregrada, doenças preexistentes, ausência de acompanhamento psicológico, sedentarismo e necessidade de sair de casa para trabalhar.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), os percentuais médios esperados desses problemas na população são de 8,5% para estresse, 7,9% para ansiedade e 3,9% para depressão.

 

Busca por tratamentos

Em consequência ao crescimento dos problemas de saúde mental, a procura por tratamentos também cresceu.

 

A pesquisa da UERJ sinaliza que quem recorreu à psicoterapia na internet apresentou índices melhores de estresse e ansiedade. Quem praticou exercícios físicos, sobretudo exercícios aeróbicos, também tiveram um desempenho melhor do que as pessoas que não fizeram nenhuma atividade física.

 

Dicas do CEVISA para um bem- estar

 

  •  Filtre as informações sobre o assunto

Um dos principais fatores de ansiedade é o excesso de informação que recebemos em tempo real sobre a pandemia. A mídia está aí, pronta para trazer os fatos, mas cabe a cada um de nós filtrar o que consumir.

Por mais que seja importante saber o que acontece no mundo em relação à pandemia, coloque a sua saúde mental em primeiro lugar nesses momentos.

 

  • Leia livros e assista filmes

A literatura e o cinema têm o poder de nos transportar para outras realidades, ou seja, são perfeitos para este momento de quarentena.

Se você não sabe como lidar com a ansiedade, saiba que ler um livro e assistir a um filme podem ser bastante eficazes, contanto que você realmente se entregue à atividade. Não adianta abrir o livro e ficar pensando na pandemia, é preciso realmente se deixar levar.

 

  • Seja solidário

Que tal usar um pouco do seu tempo para ajudar quem mais precisa? As pessoas do grupo de risco, como os idosos, precisam de uma atenção especial nesse período. 

Ao exercitar a empatia, se colocando no lugar do outro, você se sente melhor consigo mesmo e tem a certeza de que está fazendo a sua parte nesta luta.

 

  • Expresse o que você sente por meio de atividades

Às vezes, tudo o que você precisa para aprender como lidar com a ansiedade é incluir na sua rotina atividades que te ajudem a expressar o que sente.

Escreva, pinte, desenhe, cante. Todas essas atividades são a expressão do que você pensa e sente e podem te ajudar a eliminar a angústia e o medo. Além disso, você ocupa seu tempo e não fica apenas sentado em frente à televisão ouvindo as notícias.

 

  • Crie uma rotina

Você deve estar se perguntando: “Mas como vou criar uma rotina dentro de casa?”. A princípio, pode parecer impossível, mas é sim viável ter uma rotina mesmo em quarentena — a diferença é que você precisará fazer algumas adaptações.

 

Por isso, é importante criar horários de trabalho, intervalos, refeições e também ter momentos de lazer e descanso. Ter uma rotina é muito importante para organizar a sua mente no decorrer do isolamento social.

 

Para não perder nenhuma dica, fique ligado nas nossas redes sociais: Instagram, Facebook, Youtube.

Deixe um Comentário