É tempo de relaxar!

Através da harmonia com a natureza o Centro de Vida Saudável promove um estilo de vida que trata e previne diversas doenças.

Posts Recentes

facebook instagram youtube

CEVISA

Dia Internacional De Atenção A Gagueira

Sim, é exatamente isso que você acabou de ler: dia internacional de atenção a gagueira. Mas, porque temos um dia totalmente voltado para esse assunto?

Nesse artigo você vai saber um pouco sobre

  • o porquê dessa data, o motivo que levou a oficializar-la;
  • o que é gagueira;
  • sintomas e sinais;
  • os cuidados básicos para com quem possui esse déficit da comunicação e fluência da fala;
  • entre outras curiosidades.

Vamos a leitura!

Dia internacional de atenção a gagueira

O Dia Internacional de Atenção à Gagueira surgiu em 1998, uma iniciativa conjunta da International Fluency Association (Associação Internacional da Fluência – IFA) e International Shuttering Association (Associação Internacional de Gagueira – ISA). O Brasil participa das campanhas do Dia Internacional de Atenção à Gagueira desde a primeira edição, em 1998. Os principais núcleos que promovem esta data no país são: a Associação Brasileira de Gagueira (Abra Gagueira) e o Instituto Brasileiro de Fluência.

 

Anualmente, em 22 de Outubro, se tem o costume de dar uma atenção maior a essa dificuldade da fala. A data tem por objetivo informar as pessoas sobre o que é a gagueira e como ser tratada. Primeiramente vamos entender, o que é a gagueira?

O que é a gagueira

Por ser considerada um distúrbio ou transtorno na temporalização da fala que afeta a fluência e a comunicação, a principal característica de uma pessoa que possui esse transtorno é a dificuldade em finalizar o som de uma palavra e começar uma próxima palavra logo em seguida, muitas vezes repetindo a mesma sílaba. A temporalização significa o tempo de execução dos sons, das sílabas, palavras e frases.

 

Já a fluência representa a suavidade e a facilidade com que os sons, sílabas, palavras e frases são produzidas ao longo da fala. Nesse caso, pessoas que possuem gagueira, a produção da fala é trabalhosa, e a ligação entre sons, sílabas, palavras e frases não é automática ou espontânea.

A maioria das crianças (entre 3 a 5 anos), quando estão aprendendo a falar, apresentam alguns sintomas da gagueira. Nesse caso, não há motivos para preocupação, pois é normal, e trata de uma fase de adaptação e aprendizado da comunicação e início da fluência. Então, quais seriam os sintomas da gagueira?

 

Sinais e sintomas de gagueira

Atualmente a gagueira é vista pela ciência como um distúrbio causado por diversos fatores. Aguns desses fatores são:

  1. Genética >> Existem comprovações cientificas da presença de genes envolvidos no surgimento e manutenção da gagueira;
  2. Condições médicas >> A gagueira pode ocorrer devido a um AVC, lesões intracranicanas (também conhecidos como traumatismo cranioencefálicos (TCE) pré, peri ou pós-natal ou outros problemas como febre reumática;
  3. Fator social >> Desde que haja pré-disposição orgânica, ocorre quando a criança está inserida num ambiente familiar ou escolar muito agitado, ou composto por pessoas que falam muito rápido. São exemplo facilitadores ao desencadeamento da gagueira;
  4. Fator psicológico >> Está comprovado cientificamente que problemas emocionais não causam gagueira, eles podem ser considerados agravantes, e não causadores

 

Os sintomas são, em sua maioria, bem conhecidos de todos. São eles:

  • Prolongamento de sons. O som é emitido por maior tempo do que o esperado. Por exemplo: “Aaabra a porta, por ffffavor”;
  • Bloqueios de sons, ocorrem quando um som fica impossibilitado de ser articulado. Por exemplo: “(alguns momentos de silêncio) Abra a porta, por favor”;
  • Repetição de sons e sílabas. Por exemplo: “A-a-bra a porta, por favor”
  • Troca de palavras durante a fala. A pessoa que gagueja vai dizer uma palavra e antes de fazê-lo percebe que irá gaguejar, por isso troca a palavra. A questão da gagueira está no gesto pré-motor. Ela recebe pistas ao redor de 450 milissegundos antes de que aquele determinado som não será articulado. Por exemplo, ela ia dizer “por favor”, mas ao notar que irá gaguejar na palavra “favor”, diz “por obséquio”
  • Uso mais frequente de interjeições. Por exemplo: “tipo assim, então, né?!” Simplificação de frases. Acontece quando a pessoa recebe pistas motoras de que vai gaguejar percebe que vai gaguejar com em determinada palavra e decide tirá-la ou substitui-la por uma articulatoriamente mais simples da frase
  • Dificuldade em iniciar uma palavra, frase ou expressão
  • Excesso de tensão para produzir uma palavra ou som
  • Ansiedade em iniciar a fala, devido às sucessivas experiências com a fala gaguejada Capacidade limitada para se comunicar de forma eficaz
  • Movimentos   motores   involuntários   como:    tensões   faciais,   tremores   de   lábios, mandíbula, piscar de olhos, entre outros.

 

Por fim, como deve ser tratada uma pessoa que possui gagueira?

 

Buscando tratamento

O profissional especializado em tratar pessoas com gagueira é o fonaudiólogo. Entretanto, é importante que se deva notar algumas características antes de procurar um profissional. São elas:

  • Quando a gagueira durar mais do que oito semanas;
  • Quando tiver acompanhada de outros problemas de fala e linguagem;
  • Quando a quantidade de rupturas ou sua intensidade aumentarem ao longo do tempo, mesmo antes das oito semanas;
  • Quando tiver visivelmente com dificuldade de falar;
  • Quando afetar a capacidade da criança de falar;
  • Quando causar dificuldade emocionais, como estresse ou ansiedade;
  • Quando começar já na fase

 

E em relação ao tratamento, como se deve agir?

A natureza dos tratamentos deve ser compatível com a idade da pessoa e com os objetivos de comunicação de cada um. Embora muitos procurem a ajuda de um pscicólogo, este não está instrumentalizado para o tratamento da gagueira, uma vez que gagueira não se trata de distúrbio emocional. Claro que uma ajuda de um bom psicólogo poderá trazer bons resultados para a autoestima e autoimagem da pessoa. Mas, um profissional realmente capacidade para o tratamento de gagueira é o fonaudiólogo.

 

Fonoaudiólogo no CENTRO MÉDICO CEVISA

Existem vários níveis de gravidade para a gagueira, dependendo do caso e do diagnóstico precoce, é possível fazer sessões de tratamento com um fonoaudiólogo, para exercitar e praticamente curar o problema. No entanto, se o tratamento for iniciado muito tardiamente, torna-se difícil reverter o distúrbio.

 

A boa notícia é que, no CENTRO MÉDICO CEVISA possui profissionais capacitados para atuar nesse tipo de dificuldade. Para agendar um horário com um de nossos fonoaudiologistas é só clicar aqui.

 

Até a próxima!

 

Referência: A Gagueira & Subjetividade 

Deixe um Comentário