É tempo de relaxar!

Através da harmonia com a natureza o Centro de Vida Saudável promove um estilo de vida que trata e previne diversas doenças.

Posts Recentes

facebook instagram youtube

CEVISA

Lombalgia: Perguntas e Respostas

Sabe quando uma pessoa tem uma dor na região lombar, ou na região mais baixa da coluna, perto da bacia? Isso também é conhecido como lombalgia (veja mais sobre o assunto aqui, aqui e aqui).

 

Conhecida também como lumbago, dor nas costas, dor nos rins ou dor nos quartos, a lombalgia não é uma doença, é um tipo de dor que pode ter diferentes causas. Alguma dessas causas são mais complexas, porém, na maioria das vezes o problema não é sério. Algumas vezes a dor se irradia para as pernas com ou sem dormência.

 

Neste texto você vai entender de uma vez, as principais questões relacionadas a lombalgia, além de compreender melhor sobre esse problema, e assim conseguir tratamentos mais adequados.

 

Vamos lá!

 

1) Explica como é a lombalgia?

A lombalgia pode se manifestar de duas maneiras: aguda e crônica. A forma aguda é o “mau jeito”. A dor é forte e aparece subitamente depois de um esforço físico. Ocorre na população mais jovem. A forma crônica geralmente acontece entre os mais velhos; a dor não é tão intensa, porém é quase permanente.

 

2) É importante realizar exames como a ressonância magnética?

Não necessáriamente. Mais de 90% das vezes o diagnóstico e a causa são estabelecidos com uma boa conversa com o paciente e com um exame físico bem feito. Em caso de dúvida, o passo seguinte é a radiografia simples.

 

3) Quais medicamentos são os mais indicados em uma crise de lombalgia aguda?

Receitado adequadamente por um profissional da saúde, os analgésicos e os anti-inflamatórios podem ser usados. É importante lembrar que, quanto mais bem feito o repouso, menos medicamentos são necessários. Obviamente, deve-se tratar a causa da lombalgia.

 

4) Como evitar que uma lombalgia aguda se torne crônica?

São muitos os fatores que devem ser levados em consideração. Mas, podemos ressaltar a correção postural, principalmente na maneira de sentar no trabalho e na escola.

 

Na fase aguda a ginástica não é indicada, porém, após o final da crise, a prática regular de exercícios físicos apropriados é importante. Evite carregar excesso de peso. Não permanecer curvado por muito tempo. Quando se abaixar no chão deve-se dobrar os joelhos e não dobrar a coluna. Evitar usar colchão mole demais ou excessivamente duro, principalmente se o indivíduo é muito magro.

 

5) Ginástica faz bem?

Exercício físico é um excelente aliado da saúde, mas durante as crise aguda o exercício é totalmente contra indicado. Para recuperação, é recomendado repouso absoluto, deitado na cama.

 

6) Hérnia de disco tem que ser operada?

Não necessariamente. O tratamento cirúrgico está indicado apenas nos 10% dos casos em que a crise não passa entre 3 a 6 semanas, ou em pacientes que têm crises repetidas em curto espaço de tempo ou quando existem alterações esfincterianas (perda de controle para urinar e defecar).

 

Os demais casos regridem com repouso no leito, sem necessidade de cirurgia.

 

7) Lombalgia na criança e na adolescência é um alerta?

Sim. Enquanto no adulto a maioria das lombalgias tem causas e tratamentos simples, a dor lombar em uma criança ou adolescente é incomum, e de causas que devem ser investigadas cuidadosamente pelo médico ortopedista.

 

E você, tem alguma outra dúvida que gostaria que fosse respondida? Escreva aqui nos comentários.

 

Até a próxima!

 

Fonte: Saúde.GOV

Deixe um Comentário

Open chat
Em que podemos ajudar?