É tempo de relaxar!

Através da harmonia com a natureza o Centro de Vida Saudável promove um estilo de vida que trata e previne diversas doenças.

Posts Recentes

facebook instagram youtube

CEVISA

Sistema Imunológico Fortalecido : O Que Fazer E O Que Evitar?

Um sistema imunológico é formado por uma série de células de defesa e reações químicas, com o  objetivo de  lutar e nos proteger contra os mais diversos  patógenos,  os  quais podem invadir o nosso corpo e produzir doenças. 

 

É importante manter a imunidade bem equlibrada, afim de que o nosso organismo consiga se defender dos “ataques de invasores indesejados”; para que  tudo isto ocorra de uma forma eficiente em nosso corpo é necessário  manter, uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos regularmente, dormir bem, não fumar e hidratar-se.

 

Falamos aqui no blog sobre alguns dos alimentos que ajudam a aumentar a imunidade, você pode conferir o post completo acessando aqui.

 

Então o quê fazer para aumentar a imunidade?

 

Hidratando o organismo

A boa hidratação do corpo é fundamental para manter a imunidade em alta. O organismo humano é composto em sua maior parte por água,  ela é essencial para que todas as reações bioquímicas ocorram perfeitamente nas células em especial quando ficamos doentes, ingerir uma quantidade média de água, que varia de 1,5 litro a 2 litros por dia para pessoas normais, ou até mais, caso não se tenha restrições, é sempre bom para a saúde.

 

Um cardápio saudável e a prática regular de atividades físicas ajudam bastante a aumentar a imunidade e manter o organismo forte.Precisa-se  ficar atento a algumas atitudes que podem minar este sistema de defesa.

 

Fatorem que enfraquecem o sistema imunológico

Entre os principais fatores que provocam uma queda na imunidade estão o estresse, o sedentarismo, ou o excesso de atividade física e a má alimentação, isto porque a falta de algumas vitaminas e minerais prejudicam o bom funcionamento das células.

 

O excesso de atividades físicas

 O treino regular é importante para deixar a imunidade preparada para enfrentar as batalhas rotineiras, mas entenda que toda atividade física exarcerbada para um indivíduo que não está adaptado a isto diariamente poderá até levar reação inadequada do organismo, gerando um processo inflamatório, sendo que esta condição pode comprometer e dimuir o sistema de defesa do corpo.

 

Se você pratica modalidades que exigem se exercitar por mais de 60 minutos, é muito importante respeitar o período de descanso entre os treinos e manter uma alimentação saudável e  uma  hidratação adequada.

 

Não ter uma rotina de sono regular

Dormir poucas horas frequentemente,  ou distúrbios do sono como ronco e apnéia do sono, geram um grande estresse no organismo,  com o decorrer do  tempo este repouso irregular poderá desencadear um aumento  nos níveis de citocinas (moléculas mediadoras de inflamação) no organismo, causando um prejuízo nas células de defesa.

 

Em geral, a maior parte das pessoas precisam de sete a oito horas de sono, porém existem aqueles indivíduos que ficam bem com cinco ou seis horas de descanso, como também tem outros que necessitam de mais tempo de repouso.

 

Consumo de fast food

Os alimentos ricos em gordura saturada, sal, açúcar e aditivos químicos contribuem para o ganho de peso, elevam o riscos de problemas de saúde e podem afetar a imunidade, conforme apontou um estudo publicado no Nutrition Journal.

 

Quando o corpo é inundado dessas substâncias, as mesmas poderão desencadear um processo inflamatório no organismo interferindo de forma direta e indiretamento no sistema de defesa, deixando a imunidade comprometida e a pessoa mais sucetível tanto para doenças infecciosas , assim como para as doenças crônicas não transmissíveis. Além disto, ao comerem fast- food, há uma ingestão alta de calorias vazias, com valor nutricional baixíssimo nos nutrientes essenciais para o nosso corpo, consequentemente dimunuindo as células de defesa.

 

Cigarros e bebidas alcoólicas

 Os componentes do cigarro liberam substâncias tóxicas , provocando  uma reação inflamatória no organismo, a qual irá  demandar um grande trabalho do sistema imune,  o qual quando requisitado para combater vírus, bactérias e outras doenças, já estará prejudicado,  incapaz de exercer suas funções de forma eficaz .

 

O tabagismo altera a função mucociliar, sistema composto pelo muco e por células com cílios responsáveis por “varrer” germes e sujeiras que entram no corpo por meio da respiração, isto  altera a capacidade do organismo em eliminar agentes infecciosos por meio do catarro e predispõem a um maior aparecimento de doenças.

 

O  consumo excessivo de bebidas alcoólicas podem  resultar  em inibição ou destruição de células de defesa , deixando assim o sistema imunológico prejudicado para reagir corretamente quando necessário.

 

A mensagem que fica é, prevenção e a prática de hábitos saudáveis  são os mais importantes a fim de  se obter um  sistema imune fortalecido.

 

Até a próxima!

Deixe um Comentário