É tempo de relaxar!

Através da harmonia com a natureza o Centro de Vida Saudável promove um estilo de vida que trata e previne diversas doenças.

Posts Recentes

facebook instagram youtube

Dicas Tag

Você já sentiu dores nas costas? Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), 8 em cada 10 pessoas sentirão esta dor pelo menos uma vez na vida. As dores lombares é a segunda dor mais comum em todo o mundo, perdendo apenas para a dor de cabeça.   Essa semana estamos falando sobre orientações para o tratamento da dor lombar. Por ser um problema enfretado por muitas pessoas, separamos 5 maneiras que vão ajudar quanto a prevenção da lombalgia.   Vamos lá!   1) Controle seu peso; A grande maioria das pessoas que estão com sobre peso sofrem de lombalgia. Procure permanecer dentro do seu peso ideal, pois a obesidade tem um fator de risco para a saúde da coluna.   2) Faça exercícios físicos; A prática de exercícios físicos colabora de diversas forma para o nosso bem-estar e saúde física. Uma dessas maneiras está relacionada com nossa coluna. Fazer no mínimo 30 minutos de exercícios, por 3 dias da semana, vai ajudar no alívio das dores lombares.   3) Não carregue muito peso Está comprovado, quem carrega muito peso tem a tendência a ter lombalgia aguda. Portanto, evite carregar excesso de peso. Se precisar levantar algum peso, lembre-se de flexionar os joelhos, e procure manter a coluna ereta.   4) Observe sua postura ao sentar Se você trabalha com o computador (ou passa horas no smartphone), lembre-se que a tela deve ficar na altura dos seus olhos.   Agora, se você passa muitas horas sentado, use uma cadeira com apoio para os braços e que não recline. Seus pés devem estar totalmente encostados no chão.   Para aquelas pessoas que passam muito tempo dirigindo, mantenha uma boa postura e procure colocar um apoio ou almofada atrás da região lombar – especialmente se você passa muito tempo no trânsito.   5) Procure a melhor posição para dormir Na hora de dormir, procure dormir de lado, com um travesseiro entre as pernas, ou de barriga para cima, com um travesseiro embaixo da dos joelhos. Evite dormir de bruços.   Se você gostou dessas dicas, deixa a gente saber, e compartilhe nas suas redes sociais.   Até a próxima!   Fonte: AtivoSaúde

Criado em 1990, o movimento conhecido como Outubro Rosa tem como principal objetivo estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama, promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.   Nesse artigo você vai encontrar: Câncer de mama e os cuidados necessários Como reduzir os riscos Os principais sintomas Como surge o câncer de mama Como se prevenir Vamos a leitura do texto? Câncer de mama e os cuidados necessários O câncer de mama é tipo o mais comum entre as mulheres, e no Brasil, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama responde por cerca de 25% dos casos registrados anualmente, são cerca de 57mil novos casos, segundo pesquisa realizada pelo Inca para o biênio.   A recomendação do Ministério da Saúde é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) em mulheres entre 50 e 69 anos, ou antes disso caso haja histórico familiar de câncer de mama ou a indicação do profissional de saúde. Somente o exame de mamografia pode mudar a curva da doença. Uma das barreiras para a detecção precoce do câncer de mama é o medo. Muitas mulheres têm receio do exame e demoram a procurar orientação médica para realização da mamografia. Como reduzir os riscos Pesquisas científicas mostram que o desenvolvimento de até 13 tipos tumores está relacionado a comportamento. Com a adoção de medidas simples é possível reduzir a incidência do câncer de mama. O autoexame é uma maneira importante da mulher conhecer o próprio corpo e perceber possíveis alterações. Faça acompanhamento regular com um especialista, que irá avaliar clinicamente e fazer as prescrições de acordo com o seu perfil e necessidades.   Para cada mulher os sinais de câncer de mama pode variar. Em alguns casos podem não apresentar nenhum deles. De qualquer maneira é muito importante que a mulher conheça seu corpo, sua mama, e saiba reconhecer alterações para alertar o médico. Para as mulheres que ainda menstrua, a melhor época para se auto avaliar é alguns dias após a menstruação, pois as mamas estarão menos inchadas. Para as que já estão na menopausa, o autoexame pode ser feito em qualquer época do mês. Qualquer alteração deve ser comunicada imediatamente ao médico, mesmo que você já tenha realizado a mamografia

Com a sua aparência discreta, o gergelim pode muitas vezes passar despercebido por muitas pessoas. A maioria conhece as sementes como um elemento decorativo usado em pães, mas o que poucos sabem é sobre a sua importância nutritiva e os seus benefícios para a saúde. Nesse artigo você vai entender um pouco sobre esses benefícios e a sua relação no controle da diabetes. Com uma gama de nutrientes variada, com Ferro, Cálcio, Tripfotano, fibras, Cobre, Magnésio, Vitaminas de Complexo B, Fósforo e Proteínas, são muitos nutrientes para uma sementinha, não é mesmo? Sem dúvida, o gergelim é extremamente benéfico para o nosso corpo, além de ser saboroso. OS BENEFÍCIOS DO GERGELIM As sementes de gergelim vêm sendo cultivadas a mais de 3500 anos, e uma de suas utilidades é como remédio. Elas podem ser consumidas cruas, ou como óleo, ou ainda como manteiga – mais conhecida como Tahine, muito popular na cultura árabe. O gergelim concentra uma grande quantidade de nutrientes, começando pelo Cálcio, um mineral que não pode faltar para que os ossos se mantenham fortes até a terceira idade. Uma vez que, para ser absorvido pelo nosso organismo, o Cálcio necessita de magnésio, que também está presente no gergelim. Com uma composição desses substanciais e a Vitamina D, produzida pelo corpo com a exposição moderada aos raios solares, como resultado, o gergelim pode prevenir a osteoporose. Além disso, o gergelim já tem naturalmente o sabor salgado, beneficiando quem tem hipertensão ou propensão à doença, pois, ao utiliza-lo nas refeições, ajuda a reduzir a quantidade de sal consumida. Misturando seis colheres de sopa de gergelim com uma colher de sopa de sal, você tem o gersal, que pode ser usado substituindo o próprio sal. E por falar em quantidades nutricionais e substituições, qual o valor nutricional do gergelim? Em seguida, vamos falar sobre esses valores nutricionais. Os valores nutricionais do gergelim Mencionamos a pouco uma lista dos nutrientes encontrados em uma semente de gergelim. Assim sendo, confira agora o que uma colher de sopa contém: Valor energético..116kcal Proteína………………….4,2g Lipídeos…………………..10g Carboidrato…………….4,2g Fibras …………………….2,3g Cálcio…………………..165mg Magnésio ……………. 72mg Fósforo……………….148mg Ferro……………………1,1mg Potássio………………109mg Vitamina B3 ……….. 1,1mg Esses dados foram coletados da Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos da UNICAMP. Mas, e quanto ao controle da diabetes, qual é a relação do gergelim? É o que vamos descobrir agora. O GERGELIM E O CONTROLE DA DIABETES Alguns estudos vêm provando que a farinha desengordurada do gergelim melhora o controle glicêmico de pacientes diabéticos que são hipertensos. Além disso, uma pesquisa publicada na RASBRA (Revista da Associação Brasileira de Nutrição) concluiu que, o

Open chat
Em que podemos ajudar?