É tempo de relaxar!

Através da harmonia com a natureza o Centro de Vida Saudável promove um estilo de vida que trata e previne diversas doenças.

Posts Recentes

facebook instagram youtube

CEVISA

Transtorno De Ansiedade: Conheça Os Sintomas Do Dia A Dia

Ansiedade é um termo geral para vários distúrbios que causam nervosismo, medo, apreensão e preocupação. Pessoas que sofrem de distúrbios de ansiedade sentem uma preocupação e medo extremos em situações simples da rotina, além de alguns sintomas físicos, o que atrapalha suas atividades cotidianas, já que eles são difíceis de controlar.

Nesse artigo você vai encontrar:

  • que é ansiedade
  • Os sintomas mais comuns
  • Ansiedade versus depressão
  • Causas
  • Principais tratamento
  • Buscando ajuda médica

Vamos lá!

O que é ansiedade

Ansiedade é um distúrbio emocional, causado pelo medo excessivo do futuro. É uma preocupação intensa, excessiva e persistente e medo de situações cotidianas.

Young unsatisfying woman.

A ansiedade pode ser normal e é um indicador de doença subjacente somente quando os sentimentos se tornam excessivos, obsessivos e interferirem na vida cotidiana. Por falar em sintomas:

 

Os sintomas mais comuns

A ansiedade e seus transtornos podem causar sintomas tanto mentais quanto físicos, que atrapalham o dia a dia de diversas formas. Veja quais são os principais:

Sintomas psicológicos da ansiedade

  1. Constante tensão ou nervosismo
  2. Sensação de que algo ruim vai acontecer
  3. Problemas de concentração
  4. Medo constante
  5. Descontrole sobre os pensamentos, principalmente dificuldade em esquecer o objeto de tensão
  6. Preocupação exagerada em comparação com a realidade
  7. Problemas para dormir
  8. Irritabilidade
  9. Agitação dos braços e pernas.

Sintomas físicos da ansiedade

  1. Dor ou aperto no peito e aumento das batidas do coração
  2. Respiração ofegante ou falta de ar
  3. Aumento do suor
  4. Tremores nas mãos ou outras partes do corpo
  5. Sensação de fraqueza ou cansaço
  6. Boca seca
  7. Mãos e pés frios ou suados
  8. Náusea
  9. Tensão muscular
  10. Dor de barriga ou diarreia.

Ataques de pânico

Os ataques de pânico são uma reação comum aos transtornos de ansiedade, principalmente na síndrome do pânico. Suas principais características são:

  1. Sensação de nervosismo e pânico incontroláveis
  2. Sensação de morte
  3. Aumento da respiração
  4. Aumento da frequência cardíaca
  5. Tonturas e vertigens
  6. Problemas gastrointestinais.

Em alguns casos, os sintomas físicos são tão intensos que podem ser confundidos com depressão. O que nos leva ao próximo tópico:

Ansiedade versus depressão

Muitas pessoas acreditam que ansiedade e depressão têm sintomas muito semelhantes, como:

  • Medos
  • Insônia
  • Insegurança
  • Dificuldades de concentração
  • Irritabilidade.

Um estudo, que ficou conhecido como Kendell, mostrou que diagnóstico de depressão passa para a ansiedade em 2% dos casos, enquanto os casos de ansiedade se tornam depressão em 24%.

Uma explicação para isso é que os pensamentos negativos que o ansioso têm sobre si mesmo podem ser gatilhos para a depressão. Tanto a ansiedade quanto à depressão costumam estar ligadas a disfunção de neurotransmissores chamado monoaminas, que englobam a serotonina

Mas o que leva a pessoa a ter ansiedade?

 

Causas

Não se sabe ao certo por que algumas pessoas são mais propensas à ansiedade descontrolada do que outras. Alguns dos fatores que podem estar envolvidos nisso são:

  1. Genética, ou seja, histórico familiar de transtornos de ansiedade
  2. Ambiente, por exemplo passar por algum evento traumático ou estressante
  3. Mentalidade ou modelo de pensamento, ou seja, a forma como a pessoa estrutura seus pensamentos ou linhas de raciocínio e, consequentemente, encara as situações do dia a dia
  4. Doenças físicas.

Entre as doenças físicas que podem estar relacionadas à ansiedade, encontramos:

  1. Problemas cardiovasculares, como as arritmias cardíacas
  2. Doenças hormonais, como hipertireoidismo ou o hiperadrenocorticismo (aumento de atividade da glândula adrenal)
  3. Problemas respiratórios, como o DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica)
  4. Dores crônicas
  5. Abuso de drogas, álcool ou medicações como os benzodiazepínicos.

E como devemos tratar?

 

Principais tratamentos

Caso a ansiedade excessiva esteja relacionada a uma doença física, seu tratamento adequado já trará alívio dos sintomas. No entanto, se o paciente sofre de algum transtornos de ansiedade, o tratamento pode envolver diversas abordagens:

  • Psicoterapia

A terapia com um psicólogo pode ajudar o paciente a entender os fatores do dia a dia que desencadeiam sua ansiedade, reduzir seus sintomas e trabalhar os eventos que o levaram a desenvolver este problema.

  • Antidepressivos

O tratamento de escolha para os transtornos ansiosos é feito com certos grupos de antidepressivos, especialmente os que têm uma boa atuação em um neurotransmissor chamado serotonina.

Para poder receber o diagnóstico adequado e seu tratamento, é preciso buscar ajuda profissional médica.

 

Buscando ajuda médica

O ideal é procurar ajuda médica partir do momento em que o distúrbio de ansiedade produz algum tipo de desprazer ou sofrimento, interferindo negativamente na qualidade de vida.

Muitas pessoas costumam ter dúvidas em relação à busca do profissional, que pode ser um psicólogo ou um psiquiatra. No CENTRO MÉDICO CEVISA temos as duas especialidades, e se você quiser saber mais sobre esse assunto, ou mesmo agendar uma consulta, clique AQUI.

 

Até a próxima!

Deixe um Comentário

Open chat
Em que podemos ajudar?